LOCALIZAÇÃO

Telefone

(21) 2107-1833

(21) 2107-1823

R. José Higino, 416 - Tijuca, Rio de Janeiro - RJ, 20520-200

 

musica@semináriodosul.com.br

CONECTE-SE

MAESTRO ANDERSON ALVES

PROFESSOR DA PÓS-GRADUAÇÃO 

RELEASE

Natural do Rio de Janeiro, o jovem Maestro Anderson Alves também é compositor e pianista. Em regência orquestral, aperfeiçoou-se com Isaac Karabtchevsky, Eduardo Lopes, Kirk Trevor (Inglaterra), Felipe Cattapan; Ricardo Rocha e Fabio Mechetti. Estudou regência no Conservatório Brasileiro de Música e também atuou como Prof. substituto de regência, pianista correpetidor e regente assistente da orquestra na mesma instituição. Fez especialização em regência de ensembles com Eduardo Lopes (Prof. do conservatório de Bourdeaux, França), aperfeiçoando-se em um repertório para ensemble instrumental e voz pouco abordado no Brasil (Berio; Britten; D’Adamo; Ravel; Stravinsky). Em 2009, fez especialização em regência com o maestro Felipe Cattapan (Prof. da Escola Superior de Berna, Suíça), a obra abordada foi “A História do Soldado” de Stravinsky, em Concerto realizado pelo Departamento de Composição e Regência do Instituto Villa-Lobos. Em 2011, foi finalista do Concurso Jovens Regentes da OSPA – Orquestra Sinfônica de Porto Alegre. No mesmo ano regeu a Orquestra do 33º CIVEBRA – Curso Internacional de Verão de Brasília – DF, no concerto de encerramento do festival. Participou, por 3 vezes, do curso de regência da MIMO (Mostra Internacional de Música e Cinema), sob a orientação do maestro Isaac Karabtchevsky. Em 2015, foi selecionado ativamente para o 7º Laboratório de Regência, na Orquestra Filarmônica de Minas Gerais, tendo aulas com o maestro Fabio Mechetti e regendo a OFMG em Concerto na Sala Minas Gerais. Em 2016, atuou como regente no Festival MUNASP, em São Paulo - SP, realizando obras de Holst e Bartók. Dentre as orquestras que já regeu destacam-se: Orquestra Sinfônica Nacional – UFF; Orquestra Sinfônica de Heliópolis (Instituto Baccarelli); Orquestra Filarmônica de Minas Gerais e Orquestra Sinfônica de Barra Mansa. Por 4 anos foi coordenador do Projeto “Educanção”, desenvolvido pela Prefeitura Municipal de Paraty – RJ, o projeto contava com cerca de 800 alunos de música. Também dirigiu o Coral Municipal de Paraty e Coral Sest Senat – Rio.

Como compositor tem obras para diversas formações, dentre elas destacam-se: Fantasia para Orquestra Sinfônica (estreada em 2014 pela OSN-UFF); Divertimento para Trio (dedicada ao Trio Capitu e parte do CD “Novos Ventos”). Atualmente, é Maestro e Diretor Musical da Orquestra Sinfônica Juvenil Carioca – Programa Orquestra nas Escolas, desenvolvido pela Secretaria de Educação do Rio de Janeiro. É coordenador pedagógico do Projeto Som+Eu e dirige o Circuito Cultural Zona Sul.

 

PÓS-GRADUAÇÃO

EM GESTÃO DO MINISTÉRIO DE ADORAÇÃO E MÚSICA